28 de jun de 2010

PÃO DE QUEIJO " IGUAL AO COMPRADO PRONTO "

Os da foto foram os pequenos, também fiz aqueles grandões, mas não deu tempo de tirar as fotos

Uma das minhas tentações alimentares é o pão de queijo, não há dieta que me empeça de atacar um monte, monte não... montão de pão de queijo. Esta receita testei meio na dúvida, mas quando saiu a primeira fornada, nooooossssaa, demais não tem erro, é muito bom !!

Ingredientes:


-1 colher de sopa de fondor ou sal a gosto
-2 copos de leite (300 ml)
-1/2 copo de óleo (75 ml)
-4 copos de polvilho doce (500 gramas)
-2 ovos
-200 gr de queijo parmesão ralado
-300 gr de mussarela ralada
-óleo para untar

Preparo:

Leve ao fogo  leite, fondor ou sal, óleo. Deixe ferver
Em uma bacia coloque o polvilho e jogue por cima essa mistura fervida.
Mexa com uma colher e depois mexa com a mão mesmo, pois a mistura vai ficando pesada
Pareçe que não vai dar certo, mas é assim mesmo. A massa fica meio esfarelada. Deixe esfriar um pouco
Coloque o primeiro ovo e misture, coloque um pouco dos queijos e misture.
Coloque o segundo ovo e depois o restante dos queijos. Agora é hora de misturar bem até ficar a massa lisinha e branquinha.
Tem que fazer um pouco de força nos braços, mas depois a massa fica macia, se preciso unte as mãos com óleo (eu não precisei, porque depois que colocamos os queijos a massa vai ficando com sua oleosidade natural e não gruda mais)
Modele bolinhas do tamanho desejado e asse em forma untada até crescerem e começar a ficar levemente amarelinho, se tiver dúvida olhe o fundo, se estiver amarelinho escuro já está bom para tirar senão ele acaba ficando duro.





 

Se desejar congele em aberto e depois coloque em sacos fechados.

É o melhor que já fiz !!

BARRAS DE CHOCOLATE COM PISTACHE


Como todos já sabem "amo chocolate" e encontrei esta receita e não poderia ficar de fora e dividi-la com vocês: chocolátras !!


Ingredientes

-340 gr de chocolate meio amargo
-1 lata de leite condensado (395 gr)
-1 xícara de pistache descascado e triturado grosseiramente
-1 pitada de sal

Derreta os ingredientes em fogo baixo mexendo sem parar
Depois de ter ficado cremoso coloque os pistaches
Depeje em uma assadeira untada e deixe esfriar, leve para gelar e depois corte em quadradinhos no tamanho desejado. Fica ótimo também para aniversários.

Imagem e receita pertencem ao blog labellacook

EMBALAR À VÁCUO !!




Olá amigos, vim aqui hoje para contar uma comprinha que fiz, parecia um objeto supérfulo, mas descobri que não posso mais ficar sem ele, é de muita utilidade e nos dá muita economia, é a bombinha de vácuo. Bomba á vácuo? Que ráio é esse? Bom vou explicar: sabe aquelas embalagens todas encolhidinhas que a gente encontra nos mercados com carnes, frios, verduras, doces etc... na verdade não tem nenhuma restrição de alimentos, pois é não temos como comprar uma máquina que custa em torno de R$ 4000,00 para uso doméstico, né? Então achei uma máquininha aparentemente tola, mas de uma capacidade enorme, principalmente quem faz congelados, objetivo principal da embalagem a vácuo é proteger o alimento do contato com o oxigênio que:  favorece o crescimento dos microrganismos  de alto potencial de deterioração, causando descoloração; acarreta a rancidez das gorduras e provoca a descoloração, decorrente da oxidação do pigmento da carne, retardando o crescimento de bactérias enfim... resumindo a durabilidade é bem maior.
Bom eu estou nessas fotos abaixo embalando um pé de alface. Normalmente eu tirava as folhas que eu queria e guardava o restante no saco na geladeira e em dois dias não havia mais alface boa para comer, sempre retirava no maximo 4 folhinhas e o restante era para o lixo. Agora lavo esterilizo as folhas com água e 1 colher de cloro deixo de molho alguns minutos, lavo de sacudo as folhas para tirar o excesso de água separo por porções e embalo, gente dura 2 semanas na geladeira o mesmo alface. Adorei !!!
 
 
 
 

22 de jun de 2010

COPINHOS DE CHOCOLATE COM MANTEIGA DE AMENDOIM



-350 gr chocolate meio amargo
-1/3 xícara (cha) manteiga de amendoim
-1/4 xícara de açúcar de confeiteiro
-1 colher (café) sal
-1/4 xícara de biscoito triturado (não deixar virar pó)

Derreta o chocolate em banho maria, se for preciso dê o choque térmico.
Misture a manteiga de amendoim, açúcar,  sal e o biscoito triturado.Leve a geladeira.
Coloque 2 ou 3 forminhas lâminadas tipo de cupcakes ou se quiser um tamanho pq aquelas de docinhos ( elas vão ficar mais firmes ). Pincele com um pincel ou com as costas de uma colher pq, leve ao freezer por 10 minutos, se preciso passe mais chocolate.
Faça umas bolinhas de recheio e coloque dentro dos copinhos de chocolate e cubra com mais chocolate, leve para o freezer novamente.
Depois de durinhos, retire as forminhas de papel e é só saborear... Maravilhosoooooo !!!!

Fotos e receita do blog http://vanillakitchen.blogspot.com/



GANACHE BRANCA


Oi, amigos a homenagem de hoje é para um blog que sempre acompanho e que gosto muito, feito por moça muito criativa e que tem muito capricho por suas criações. o blog é o Vanilla Kitchen, conheça, vc também vai amar. Estas receitas e fotos pertencem a Dawn do blog acima. Bjinhos.
Creio que a textura deve ficar firme porém muito macia, hummm delícia..


Ingredientes

-400 gr chocolate branco picado ou ralado
-1/2 xícara de creme de leite
-Essência de baunilha ou a própria baunilha
-1 colher de manteiga

Leve em banho maria o chocolate branco, a baunilha e o creme de leite.

Não deixe ferver, misturar constantemente até conseguir uma concistência lisa (não pare de mexer, pode demorar um pouco para derreter e chegar na concistência desejada)

Depois que derreter tudo e ficar espesso, retire do fogo e coloque a manteiga para conseguir uma ganache brilhante. Espere assentar um pouco e cubra o seu bolo ou utilize na forma que desejar.

A nossa amiga do blog de hoje diz que é um pouco difícil manusear, devido a sua textura , ela recomenda ir derramando sobre o bolo e deixar que caia naturalmente. Espero que gostem Bjs.

21 de jun de 2010

FAROFA PARA SORVETE, VARIOS TIPOS !!


Oi, pessoal, eu sei que estamos em uma estação fria, mas tenho recebido varias pedidos de receita de farofa para sorvete, então procurando em meus "tesouros culinários" encontrei varias opções de farofa, que por sinal dá um toque todo especial no sorvete. Eu particularmente amo sorvete no frio,calor.., para mim é bom de qualquer jeito. Meu marido fica reclamendo quando eu compro sorvete no frio, o engraçado, é que passo na padaria e abro o freezer e o pessoal fica olhando,  tipo pensando... _ Essa moça é doida, tomar sorvete com um tempo desse.. Mas não estou nem aí, Adoooooroooo !!


FAROFA CROCANTE

-1 (chá) de suco de limão
-½ de castanha de caju triturada
-½ de leite em pó
-1 de açúcar
-1 de farinha láctea
-1 pitada de sal.

Untar com óleo uma pedra mármore ou uma assadeira.
Preparar um caramelo vidrado colocando em uma panela o açúcar e o suco de limão.
Misturar muito bem e levar ao fogo baixo para que o açúcar dissolva.
Aumentar o fogo e cozinhar o açúcar até obter uma coloração dourada, balançar levemente a panela para distribuir bem a temperatura.
Quando todo o caramelo estiver dourado despejar cuidadosamente no mármore ou na assadeira espalhando bem. Deixar esfriar completamente.
Colocar em um processador os ingredientes restante, acrescentar os pedaços de caramelo e processe para obter a textura de farofa.
Guardar em um recipiente hermético.


FAROFA DE AMENDOIM
-2 de amendoim torrado e moido (com pele)
-1 de biscoito de maizena (amido de milho, maria) moído
-1 de açúcar cristal
-1 de leite em pó
-100 gramas de margarina temperatura ambiente

Misturar bem todos os ingredientes e guardar em potes fechados.
Usar para polvilhar sobre sorvetes. Você pode variar os biscoitos.
Experimentar com biscoito de chocolate, amido de milho ou champanhe.




FAROFA COM SOJA

-50 gramas de amendoim
-10 gramas de cacau em pó
-50 gramas de açúcar light
-100 gramas de soja

Cozinhe a soja em água fervente até que fique macia. Escorra e asse em forno pré aquecido moderado até dourar.
Torre o amendoim e depois que começar a ficar douradinho e a casquinha começar a estalar, retire deixe esfriar e vá esfregando com as mãos até sair toda a casca (ir asoprando para sair a casca solta).
Bata no liquidificador a soja torrada e o amendoim torrado até esfarelar. Junte o açúcar e o cacau fazendo uma farofa. Guarde em potes herméticos.



FAROFA DE NOZES

-01 xícara de farinha Láctea
-01 colher (chá) de canela em pó
-01 pitada de sal
-01 xicara (chá) de nozes picadas
Triture tudo no liquidificador ou processador e guarde em potes bem fechados




FAROFA DE  PISTACHE

-1 xícara de pistache sem casca
-1 colher de sopa de manteiga
-1 xícara de açúcar
-1 pitada de corante alimentício em pó verde (OPCIONAL)


Em uma panela, derreta a manteiga e o açúcar em fogo baixo até caramelizar.
Junte o pistache e o corante, misture e despeje sobre uma superfície untada com manteiga.
Quando esfriar, cubra com um pano e bata com martelo de carne, formando uma farofa, guarde em potes bem fechados



FAROFA DE COCO

-100 gr de côco ralado(s)
-100 gr de açúcar União
-2 colher(es) (sopa) de manteiga

Mexer bem e levar ao fogo para dourar um pouco.
Quando o açúcar estiver ligeiramente dourado,retirar do fogo e continuar a mexer para açucarar sem empelotar.
Esperar esfriar e guardar em um vidro bem fechado e lugar seco.







18 de jun de 2010

BOMBOM DE MORANGO !! HUMMMM


Em 1936, como faz crer o texto de Carmen D'Avila acima, os morangos ainda eram frutos considerados um pouco exóticos deste lado do mundo. Na verdade, morangos grandes, doces e suculentos, como os que se encontram hoje em dia à venda nas feiras e mercados foram, por muito tempo, apenas um sonho bom acalentado pelos horticultores de todo o mundo, de todas as épocas.

O morangueiro é planta da família das Rosáceas, a mesma à qual pertencem as maças, as pêras, os marmelos, as ameixas, os damascos, os pêssegos, as nêsperas, as cerejas, as ginjas (cassis, em francês), várias entre as incontáveis berries, e, ainda, a amêndoa.

Fruta bonita e de aspecto bastante ornamental, a coloração vermelha do morango atua como forte excitante do desejo e dos prazeres do paladar. Por seu suave, delicado e sedutor sabor agridoce e por sua consistência sucosa e macia, os morangos são imbatíveis: como frutas, não há quem não os aprecie.

Os morangos, como diz Eurico Teixeira, são um verdadeiro "manjar de sobremesa" apenas lavados e puros, com açúcar, com creme de leite, com creme chantilly, com leite e açúcar, espargidos com suco de limão, com suco de laranja, com licores variados ou com água de rosas, mergulhados no vinho do Porto puro ou misturado com açucar ou, até mesmo, no vinagre doce.

Além disso, com os morangos, especialmen-te com aqueles muito maduros e considera-dos passados para o consumo in natura, fazem-se deliciosos cromes, geléias, purês e caldas que, além de serem consumidos pura e simplesmente como sobromesas, podem participar como ingrediente no preparo de outros pratos doces e sobremesas: tortas, bolos, pudins, mousses, charlotes, sorvetes, merengues, etc.

A história do morango pode ser considerada uma longa trajetória em busca do aprimoramento do sabor e do prazer. Segundo conta Pio Corrêa, embora existam espécies de morangos nativas na maioria das regiões temperadas, os frutos cultivados atualmente provêm do cruzamento e da união de várias espécies, entre as quais algumas encontradas apenas sob a forma silvestre nas Américas.

Embora, por toda a Europa, existam registros de que diferentes espécies de morangos silvestres já eram conhecidos e apreciados desde os tempos mais antigos, presume-se que essas frutas tenham sido levadas para cultivo em hortas caseiras apenas por volta do século XV. No entanto, apesar de fornecerem frutos de excelente qualidade e notável aroma, os morangos de então eram pequenos e sua produção era bastante irregular.

Este morango silvestre prosseguiu ainda por algum tempo deliciando e, ao mesmo tempo, frustrando aqueles que gostariam de poder prová-los em abundância, até que os colonizadores europeus chegaram à América do Norte. Ali encontraram uma espécie de morangueiro nativo extraordinariamente vigoroso e produtivo (Fragaria virginiana), que, logo no início do século XVII, foi levado para o continente europeu.



Um século depois, um novo e feliz encontro: mais ao sul, nas terras que hoje pertencem ao Chile, os colonizadores se depararam com uma outra espécie nativa, de maior tamanho, que há muito tempo já era cultivada pelos indígenas da terra (Fragaria chiloensis), que foi também levada para a Europa.

Pio Corrêa acredita que o cruzamento casual entre estas diferentes espécies de Fragaria nos viveiros europeus originou as matrizes das inúmeras variedades de morangos que se conhecem hoje em dia.

Estes morangos, melhorados, voltaram mais tarde para a América para participar, na metade do século x x, nos Estados Unidos, dos primeiros estu-dos e experimentos objetivando a melhoria genética de espécies fruteiras de que se tem notícia na América. Ainda para o mesmo au-tor, não se tratava simplesmente de um äperfeiçoamento sensacional dos morangos', mas sim do verdadeiro "resultado de um esforço definitivo de genética".

Atualmente, no Brasil como em quase todo o mundo, existem inúmeras variedades diferentes de morangos sendo cultivadas e, em geral, utilizam-se as mais adaptadas localmente. O Estado de São Paulo destaca-se como o maior produtor de morangos do país, sendo o extremo sul de Minas Gerais também um pólo considerável de cultivo da fruta.

Fonte: www.bibvirt.futuro.usp.br


E para comemorar a época do morango uma receitinha bem facil porém muito gostosa e que te dar opções de recheios e coberturas e decorações.

Ingredientes
20 morangos com talinho
01 lata de leite condensado
1/2 colher (sopa) de manteiga
500 gr. de chocolate em barra (branco ou preto)

Preparo:

Lave o morango com cuidado para que não caia o cabinho, reserve. Leve ao fogo baixo o leite condensado, a manteiga , mexendo sempre até ficar no ponto de brigadeiro branco (até soltar da panela), deixe esfriar. Enrole o morango com brigadeiro, cuidado para que não fique com muito brigadeiro. Reserve. Derreta o chocolate em banho maria e banhe omorango coberto de brigadeiro dentro do chocolate.
Deixe secar e decore a gosto
 
 
 

17 de jun de 2010

"PÃO DOCE" COM GOSTO DA INFÂNCIA

Minha mãe fazia um pãozinho doce, redondinho que todo mundo, lá em casa ficava na espera quando saia do forno, o cheirinho tomava conta da casa e enquanto não acabava ninguém sossegava, nossa!! Que goludisse... e o piro que era assim mesmo hahaha.. até minha mãe perder a receita...então ficamos anos sem aquele pãozinho delicioso, ficou apenas na memória, até que achei esta receita, fica uma delícia também !!

Ingredientes

1 kg de trigo

2 ovos
1 colher (sopa) de sal
6 colheres de açúcar
2 copos (250 ml) de leite morno
3 colheres (sopa) rasa de fermento granulado para pão ( eu uso o fermento biológico fresco mesmo 50 gr, e dissolvo no leite morno, quase frio, o pão cresce mais, do que dissolver no açúcar)
1/2 copo de óleo


Preparo

.Faça um mingau com 4 colheres de trigo, o sal, 2 colheres de açúcar, o fermento de pão e o leite morno e deixe crescer um pouco

.Coloque em uma bacia os 2 ovos, o óleo, o restante do açúcar e o mingau que foi preparado, acrescentando aos poucos o trigo, até dar o ponto

.Deixe crescer até dobrar de volume

.Enrole ou faça bolinhas, tranças e espere mais alguns minutos e asse

.Depois de assado passe em cima do pão um meladinho de açúcar com leite

13 de jun de 2010

COOKIE CHOCOLATE KISS


Ingredientes:


1 / 2 xícara de margarina
1 / 2 xícara de manteiga de amendoim natural
1 / 2 xícara de açúcar granulado
1 / 2 xícara de açúcar mascavo
1 ovo
2 colheres de leite
1 colher de chá de baunilha
3/4 xícaras de farinha de trigo
1 colher de chá de fermento em pó
1 / 4 colher de chá de sal
1/8 colher de chá de bicarbonato de sódio

Recheio

Chocolate meio amargo, meu preferido, ou ao leite, doce de leite etc..


Em uma tigela grande, bata a margarina e manteiga de amendoim com a batedeira em velocidade média, cerca de 30 segundos.  Adicione o açúcar e bata até ficar macio. Adicione o ovo, o leite e a baunilha. . Bata bem.
Em uma tigela, misture a farinha, o fermento, sal e bicarbonato de sódio. Com a batedeira em velocidade baixa, adicione aos poucos a mistura seca com a mistura da manteiga, batendo bem. Se necessário, cobrir e refrigerar cerca de uma hora para facilitar o manuseio.

Pré-aqueça o forno . Coloque cerca de dois centímetros de distância . Asse cerca de 10-12 minutos, ou até que as bordas estão firmes. . Imediatamente com auxilio do saco de confeitar preencha o centro do cookie com o chocolate derretido . Com uma espátula, levante cookies para esfriar . Quando esfriar, armazene em um recipiente hermético.

Imagens e receita de um blog super legal que encontrei e estou passando para vocês, façam uma visita ao blog, tem receitas maravilhosas http://kitchengirljo.blogspot.com/

MANTEIGA DE AMENDOIM FEITA EM CASA !!


Oi pessoal, tenho encontrado pelos blogs de culinaria, receitas bem interessantes, mas quando olho os ingredientes, vem o desânimo... cadê a pasta de amendoim, ingrediente muito comum em outros países, mas aqui no Rio é bem difícil de encontrar, ia por até o nosso famoso Amendocrem, mas depois de tantos avisos que são bem diferentes, desistia de primeira. Vejo pelos depoimentos que é muito gostosa e viciante então resolvi, porque não tentar uma receita caseira? O resultado tinha que ser até 90% igual ao vendido pronto. Pelos amigos, eles falam que ela fica igualzinha, até porque as manteigas de amendoim vendidas são totalmentes naturais e sem conservantes, então acabou meu dilema. Vou poder fazer todas aquelas delícias que encontro por ai. Tenho várias receitas de manteiga, gosto de  pôr várias opções para você escolher a que mais te agrada. Vamos experimentar Bjs.

Receita nº 1

500 g de amendoim cru
1 colher (café) sal
½ xícara (chá) de glicose
1 xícara (chá) de óleo de amendoim, milho ou girassol

Coloque os amendoins em uma assadeira e leve ao forno médio para torrar levemente, sem deixar tostar. Retire a pele e bata no multiprocessador junto com o sal, glicose e o óleo, até obter uma pasta.


Nota: dependendo da potência do  multiprocessador, divida os ingredientes em três partes e bata uma parte por vez. Se quiser uma pasta com menor teor de óleo, depois da pasta pronta e de descansar por um dia, retire o óleo que ficar na superfície.



Receita nº 2


225 ml de óleo vegetal (milho, girassol, amendoim)

1 xícara(s) (chá) de amendoim torrado(s)
1 colher(es) (chá) de sal
1 colher(es) (sopa) de açúcar União

Retire as cascas do amendoim.
Bata tudo nessa ordem no liqüidificador ou mixer ou processador.
Você regula a seu gosto mais ou menos doce ou salgado.


Receita nº 3

½ Kg de amendoim sem casca e sem pele torrado.

1 ½ xícara de chá de açúcar.
1 colher de chá rasa de sal.
Óleo de amendoim. Se você não encontrar, pode ser substituído por um bom óleo vegetal, quanto mais inodoro e mais claro melhor.


Coloque os amendoins em um liquidificador ou processador de alimentos e triture até tudo virar farelo. Destampe e mexa com uma colher de vez em quando para não ficar nada inteiro.

Acrescente o sal, metade do açúcar e 3 colheres de sopa de óleo. Misture com a colher e ligue o liquidificador novamente, sem tampa. Vá derrubando o amendoim em direção à lâmina com a colher, preenchendo a “clareira” que se abre.

Acrescente o restante do açúcar, misture com a colher e observe a textura. Você vai precisar acrescentar óleo o suficiente para que o liquidificador consiga movimentar toda a mistura, lentamente. Vá acrescentando o óleo aos poucos, para não ficar muito gorduroso. Prove para ver se o açúcar está a gosto e acrescente mais se for o caso.

Quando ficar com a aparência da foto abaixo, está pronto.

Coloque em um vidro ou pote com tampa e deixe descansar na geladeira por 24h antes de consumir. Dizem que o sabor fica melhor.



Receita nº 4
500 gr de amendoins sem casca

2 colher de sopa de óleo ( girassol, canola, milho)
2 colher de sobremesa de açúcar
Sal à gosto

Bater em um multi processador ou liquidificador até que vire uma pasta, ir auxiliando com um espátula, ir batendo aos poucos até pegar textura. Deixar para consumir no dia seguinte, guardarna geladeira.


 
Em todas as receitas é opçional torrar o amendoim para tirar aquela casquinha vermelha ou deixa-lo com  a casquinha. Dizem que esta casquinha tem muitos nutrientes.

10 de jun de 2010

MASSAS PARA BASE DE TORTA


Olá meus amigos, sabe aquelas receitinhas de torta que a gente encontra que a base tem umas massinhas com aqueles nomes esquizitos, as vezes dá até para confundir, encontrei em meus livros umas dicas bem interessantes que gostaria de passar para vocês.
É lógico que existe outras mais massas pelo mundo da culinária, mas estas são bem comuns:

Massa Sablé: Levemente adocicada e utilizada em tortas ou tortinhas doces.

Massa Frola : Também utilizada em tortas doces.Esse tipo de massa pode ir ao forno com o recheio, sem a necessidade de pré-assar.

Massa Brisée : De consitência delicada, é quebradiça e aceita vários tipos de recheios, salgados e doces.

Massa de Biscoito : Muito prática de preparar, normalmente usada com recheios que não precisam ir ao forno.

Massa Farofa : Também de preparo fácil, mas precisa ir ao forno.

Massa Podre : Mais gordurosa do que as outras citadas, deve ser trabalhada delicadamente e é utilizada principalmente em empadas e empadões.

Massa Folhada : Também rica em gordura e muito delicada de manusear depois de cozida, é utilizada com recheios tanto doce quanto salgados.

Massa Fofa : Semelhante à massa de bolo, utilizada com recheios e coberturas.



MASSA  SABLÉ

2 1/2 xicara de farinha d etrigo
1 colher fermento em pó
1/2 xicara de açúcar de confeiteiro
150 gr manteiga
3 gemas
Baunilha à gosto

Peneire os ingredientes secos, misture os ingredientes aos poucos sem amassar, misture com uma espátula, cubra com papel filme e leve para geladeira por 30 minutos.
Retire e amasse levemente, sem sovar, forre o fundo e laterais de uma assadeira de 25 cm, cubra com papel alumínio e coloque alguns feijões ou arroz em cima para não criar bolhas, asse por 30 min. Retire o papel e os grãos e ponha o recheio de seua preferência.


MASSA  FROLA

2 xicaras de farinha de trigo
1 colher de fermento em pó
150 gr manteiga
1/2 xicara de açúcar baunilha
2 ovos

misture levemente, faça uma bolo e cubar com plastico filme e leve para geleadeira por 30 minutos antes de usar. Suficiente para uma forma de 25 cm


MASSA BRISÉE

2 xicaras de farinha de trigo
1 colher fermento em pó
1 colher de açúcar
150 gr manteiga
1 ovo
1 gema
baunilha
1 colher de leite

Preparo igual as massas anteriores


MASSA DE BISCOITO

200 gr biscoito tipo maizena triturados (tipo pó)
100 gr manteiga derretida
Baunilha


É  só misturar e utilizar, suficiente para forrar uma forma de 24 cm


MASSA  PODRE (para empadinhas e empadões, eu só uso esta)

560 gr farinha
280 gr margarina
4 gemas
40 gr óleo
sal á gosto

Misture e deixe descansar na geladeira com plástico filme.



BOLO DE CENOURA COM IOGURTE

Oi pessoal, descobri um blog muito bacana se chama Cucina di Juliana, com direito a vídeos e tudo !! Achei uma graçinha tem receitas ótimas e os vídeos são bem feitinhos, muito legal. Estou divulgando aqui, porque acho que a Juliana merece, apesar de ainda não conhecê-la (descobri agorinha) dá para ver que ela faz com muito carinho. Fico tão contente quando acho um blog legal e quero logo dividir com todos vocês !! Espero que gostem, eu gostei!! Abaixo tem um vídeo de um bolo de cenoura com iogurte na massa, que deve ficar 10. Bjinhos

9 de jun de 2010

BOLO ARCO IRIS !!


Oi pessoal, não sei se vocês já conhecem, para mim foi novidade, achei este bolo arco iris no blog Trainee de cozinheira que por sinal é lindo e tem muita coisa gostosa, pesquizando mais, achei essas fotos aí em baixo no site http://www.omnomicon.com/ que tem toda um explicação, é bem simples e fica lindo para um aniversário, já pensou o bolo todo confeitado e derrepente quando corta aparece todo aquele colorido, achei lindo !!



Ingredientes

2 ovos (claras em neve)

4 colheres de manteiga ou margarina
2 xícaras de açúcar
2 xícaras de leite
3 xícaras de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento em pó
Essência de baunilha

Preparo

Bata as gemas, a manteiga e o açúcar por uns cinco minutos. Depois acrescente a farinha, o leite e os sabores e bata até ficar bem homogêneo. Por último misture as claras em neve e o fermento.

Nessa hora separe em partes iguais correspondêntes ao número de cores que vai ser colocado nas massas e misture com os corantes. Na primeira que você colocar, separe um pouco mais de massa, que é para fazer o fundo e cobrir a forma . Por exemplo se dividir 1 xícara de cada cor, deixe 2 xicaras para a primeira camada.

Misture corantes em gel comestíveis, tem gente que usou os líquidos ou em pó, dizendo que eram mais baratos, não sei porque ainda não fiz.

Unte uma forma e forre com papel manteiga, coloque uma medida dobrada da primeira cor, que é para cobrir o fundo, e vá colocando por cima as outras cores sem balançar a forma deixa que ele vai se ajustando e não bata a forma para acertar a massa. Asse e depois espere esfriar, se preferir faça 2 bolos e corte para rechear ou divida a massa e recheie com o recheio de sua preferência e confeite. Qualquer dúvida faça um comentário ou me mande um email.
A massa eu coloquei esta, mas pode ser feito com a sua massa de bolo comum de seu gosto. Bjs





É DE COMER? BOLOS LINDOS!!


A homenagem de hoje é para um blog que descobri por acaso, a dona do blog que ainda não sei seu nome, se juntou a nós e como de costume vou visitar para agradecer e conhecer e quando eu entro... uma surpresa !!
Nossa!! Confeitados com pasta ! Tão reais  fotos lindíssimas, vale a pena conhecer, abaixo eu coloquei umas fotos  blog ARTERAS - BOLOS COM ARTE, maravilhoso !!!



5 de jun de 2010

BOMBA DE CHOCOLATE !!


Ingredientes

-1 xícara de água
-1/2 xícara de margarina
-1 pitada de sal
-1 pitada de açúcar
-1 xícara de farinha
-4 ovos

Preparo:  Leve ao fogo a água , a margarina,sal e o açúcar, deixe ferver.
               Retire e coloque a farinha mexa no fogo até soltar do fundo.
               Coloque os ovos, um a um e mexer bastante até eles ficarem bem incorporados e entrar bastante ar na massa.


Coloque a massa em saco de confeitar com bico perlê grosso.
Faça as bombinhas do tamanho a gosto, geralmente são de 8 cm ou mini bombas para aniversários etc..
Também com a mesma massa pode fazer carolinas, é so ao invés de fazer bombas, faça tipo uns suspiros.Unte com gemas
 Asse por -+ 30 minutos
Retire do forno e recheie e passe na cobertura.
Faça dois furos na bomba e injete o recheio pelos buraquinhos (use bico fino ou injetor de temperos)
Também pode cortar a bomba na lateral e passar o recheio.

Recheio

BAUNILHA

1 lata de leite condensado
1 lata de leite
1 colher (sopa) margarina
2 colheres de amido de milho (Dissolva em um pouquinho de leite)
Essência de baunilha
Leve ao fogo até engrossar, retire e coloque:
1 lata de creme de leite

Deixe esfriar e utilize


CHOCOLATE

2 xícaras (chá) de leite condensado

2 xícaras (chá) de creme de leite
3 gemas
1 colher (sopa) de essência de baunilha
2 xícaras (chá) de chocolate meio amargo picado

Em uma panela misture o leite condensado, o creme de leite, as gemas, a essência de baunilha e, sem parar de mexer, deixe apurar no fogo médio por cerca de 15 minutos ou até que engrosse. Derreta o chocolate em banho-maria, despeje-o no creme e misture até que fique homogêneo. Deixe esfriar e, em seguida, recheie as bombas.


DOCE DE LEITE

1 lata de leite condensado cozida  ( cozinhar na panela de pressão por -+50 minutos ,não abra antes de esfriar)
1 lata de creme de leite

Misture e ponha para gelar e utilize


Cobertura

1 lata de leite condensado sem o soro
200 gr de chocolate ao leite, meio amargo ou chocolate branco

ou

1 xícara açúcar de confeiteiro
1/4 xícara de chocolate em pó
3 colher leite

Misture bastante +- 10 minutos para dissolver bem e utilize

CREAM CHEESE, FEITO EM CASA!! MARAVILHOSO !!


Oi pessoal, recebi muitos emails, de pessoas com dúvida sobre o cream cheese, com dificuldades de encontrar, o que era cream cheese, então resolvi dividir uma receita que eu já fiz e encontrei também no site do Mais Você com direito a vídeo, acho que vocês vão gostar, rende muito e é igualzinho o original.


- 3 copos (tipo requeijão) de leite - 750 ml

- 1 copo (tipo requeijão) de amido de milho - 110 g
- 1 xícara (chá) de manteiga sem sal
- Sal a gosto
- 1 lata de creme de leite com soro

Preparo
Numa panela, leve ao fogo o leite misturado ao amido de milho, manteiga e ao sal.
Deixe até formar um creme (por, mais ou menos, 15 min).
Retire do fogo e deixe amornar.
Leve para a batedeira e bata a mistura com o creme de leite por 10 min.
Leve à geladeira e deixe lá de um dia para o outro.
Retire da geladeira e bata com um batedor de arame para dar cremosidade e clarear um pouco.
Coloque em potinhos e guarde na geladeira.
Se quizer tempere com ervas, azeitonas , é só usar a imaginação, serve para tortas, recheios, servir torradinhas, hummmmm delícia!! Depois de digam se gostaram. Bjinhos Bárbara
Rendimento: 1 kg
Preço do pote de 200 g de cream cheese o mercado: entre R$ 3,00 e R$ 4,00

Fonte Mais Você http://video.globo.com/Videos/Player/Entretenimento/0,,GIM131371-7822-N-CREAM+CHEESE,00.html