2 de jun de 2010

TORRONE FEITO EM CASA !!

Camerino é uma pequena cidade, conhecida principalmente pela sua Universidade, que usufrui de uma posição privilegiada no centro da região de montanha da província de Macerata, cercada por campos de plantações, pequenos bosques e árvores seculares. Uma antiga cidade ducal, conserva muitas histórias de seu passado ilustre, sobretudo do renascimento, quando teve seu maior prestigio sob o mando de Giulio Cesare de Varano. No centro histórico, muito bem conservado, não se pode deixar de visitar o Palazzo Ducale, o Duomo, o Palazzo Arcivescovile e o balcone sulle mura.

Nas proximidades aconselhamos a visita na Rocca Varano, um forte do 1300 na qual se baseava a defesa do território, por parte dos senhores de Camerino, no período das lutas feudais. A Rocca hospeda o centro de exposições de artesanato artístico, que se propõe em recuperar a rica tradição artesanal da região Marche.
Entre os produtos típicos deste local estão o ciauscolo (também chamado de ciavuscolo ou ciabuscolo), que é um tipo de embutido para ser passado em torradas, e o torrone branco com amêndoas tostadas, mel, açúcar e clara em neve.

A antiga tradição do torrone camerinense ainda é preservada pelos seus habitantes, eles organizam todo ano, no dia da Epifania (06/01), a festa do torrone. Para esta festa, é preparado um torrone tão comprido que é estendido pelas ruas da cidade, e já entrou no livro dos recordes como o mais longo do mundo! No ano passado, Paolo Attili do torrone Francucci realizou um super-crocante com 448 metros, batendo o recorde que antes era da cidade de Cosenza, que até 2007 tinha o recorde pela realização de um torrone com 428 metros.

Se achou interessante esta notinha, dê uma olhadinha do blog Passione per Viaggio, você encontara uns posts de uma moça que morou nesta cidade por algum tempo para estudar e conta algumas curiosidades desta cidade medieval. Achei muito interessante!!


TORRONE I

- 200 g de açúcar

- 200 ml de mel
- 200 ml de água
- 4 claras
- 1 pitada de sal
- 1 pacote de gelatina sem sabor (dissolvida conforme fabricante)
- 350 g de amendoins torrados, descascados e sem as peles e triturados grosseiramente (deixe alguns com pele, para dar cor ao recheio)

 Preparo

1º - Numa panela coloque açúcar, mel e água e leve ao fogo moderado para ferver até obter uma calda em ponto de fio grosso (135º C) +/-20 minutos.

2º - Coloque as claras na vasilha de uma batedeira e sal e bata até formar picos firmes.

3º - Ainda batendo, acrescente a calda de açúcar e mel AOS POUCOS e gelatina (dissolvida conforme fabricante). Continue batendo até obter uma mistura fofa e espessa (+/- 5 minutos)

4º - Desligue a batedeira e misture delicadamente amendoins torrados, descascados, sem as peles e triturados grosseiramente.


Unte uma forma e coloque a massa para secar.


PODE COLOCAR JUNTO OU SUBSTITUINDO O AMENDOIM, AMÊNDOAS, AVELÃS, PISTACHE, NOZES, CEREJAS , CONFORME A IMAGINAÇÃO.

TORRONE II

2 litros de leite

1 xicara de chá de mel
4 copos americano de açucar
5 colheres de chocolate
1 pitada de bicabornato
1500 gras de amendoim
1 colher de manteiga ou margarina

Preparo

Em uma panela grande coloque pra ferver o leite, chocolate, mel e açucar e o bicabornato,deixar ferver por aproximadamente 3 horas. tirar o ponto na agua, ponto de bala. quando tirar o ponto acrescentar o amendoim torrado, tritura a metade do amendoim e a outra metade inteiro,a manteiga. despejar em pirex untado.Deixar esfriar e fazer as bolinhas, embrulhar em papel celofane.


TORRONE III

3 kg de amendoim torrado

3 litros de leite
6 colheres de sopa (rasa) de manteiga
6 colheres de sopa (rasa) de chocolate em pó
450 g de mel
3 kg de açúcar
Pitada de bicabornato para não azedar

Preparo

.Coloque o leite para ferver e depois junte a manteiga, o açúcar, o bicabornato, o mel e o chocolate
.Deixe ferver durante 2 horas para chegar no ponto - quando se passa a colher na panela e é possível ver o fundo
.No final, coloque o amendoim
.Desligue o fogo e bata essa mistura até ficar bem pesada
.Vire numa superfície de pedra untada com manteiga e espere ficar morno
.Depois corte

TORRONE DE CHOCOLATE DIFERENTE (UMA DELÍCIA)

 Ingredientes :


-200 gr Chocolate ao Leite
-200 gr Chocolate Meio Amargo
- 2 Colher de Glucose de Milho
- 50 gr de Nozes
- 50 gr de Avelãs
- 50 gr de Pistache (ou Amêndoas)

 Preparo:

Derreta os dois tipos de chocolate em banho maria e dê um choque térmico em pedra. acrescente a glucose de milho, e os demais ingredientes, misture bem.
Despeje em uma forma forrada com papel alumínio, deixe na geladeira por dez minutos e desenforme.

Receita e foto http://www.saboresdebraganca.com/

7 comentários:

  1. Barbara. Super honra ser mencionada neste blog delicioso. Como uma boa italiana sabe que temos o prazer de mangiare. Farei as receitas , principalmente do torrone porque aprendi a gostar em Camerino.
    Bjs
    Nidia

    ResponderExcluir
  2. Nossa adorei conhecer essa linda história !
    Esses torrones devem ser maravilhosos!!!

    ResponderExcluir
  3. Aiii...depois dizem q o meu blog dá agua na boca!!!
    Q delicia. Amoo demais isso.
    Vou tentar fazer....a 1º receita.

    bjs

    Tati

    ResponderExcluir
  4. Olá Barbara. Fiz um post com link para o seu blog que é delicioso. Já virei seguidora. Bjs
    Nidia

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde.
    Nossa, eu sou louca por torrones. Vou tentar fazer.
    Seu cantinho é delicioso.
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... deseja um bom feriadão para você.
    Saudações Educacionais !

    ResponderExcluir
  6. Prezada D. Barbara, boa noite,
    Gostaria de cumprimentá-la pelas receitas dos torrones.
    Como aprecio torrone. pretendo preparar conforme suas receitas, começando pelo torrone I; no entanto enho uma dúvida: a calda de açucar , mel e água, deve ser misturado à clara ainda quente ou após esfriar?
    Agradecendo de antemão,
    atenciosamente,
    Ciro







    ResponderExcluir
  7. Quer conhecer o verdadeiro e mais delicioso torrone do Brasil? Saiba mais em www.dolcecrema.com.br

    ResponderExcluir

Olá amigos deixe seu comentário, que logo responderei, bjinhos. Bárbara